Escola

Problemas de comunicação na escola e como resolvê-los

Escrito por Lilo

Análise dos processos, tecnologia e organização: com esses três elementos, é possível solucionar os problemas de comunicação na escola. Saiba como neste post!

Gestores, professores, colaboradores, pais, alunos, comunidade — o trabalho realizado em uma instituição de ensino envolve muitos grupos com funções e necessidades diferentes. Por isso, embora seja essencial, a comunicação na escola se torna um grande desafio e é preciso buscar alternativas para alinhar todos esses públicos e garantir a convergência das ações.

Três pessoas em pé e três sentadas em semicírculo. Uma das mulheres (no meio) fala e as outras pessoas olham para ela.

As dificuldades de comunicação na escola são mais frequentes do que as pessoas imaginam e causam uma série de transtornos. Porém, devido à natureza tradicional de algumas instituições, as pessoas passam a olhar esses problemas de forma natural, transformando-os em parte da rotina. Dessa forma, elas desistem de buscar uma solução efetiva.

Porém, essa não precisa ser a realidade da sua instituição. Neste post, vamos falar sobre como é possível melhorar a comunicação na escola com ações específicas para alcançar os diferentes grupos envolvidos: a equipe, os pais e os próprios alunos. Acompanhe!

Comunicação na escola com foco na equipe

Muitos problemas de comunicação começam na própria equipe que trabalha na escola. Às vezes, os funcionários e professores estão completamente desinformados quanto aos próximos eventos realizados pela escola e procedimentos adotados.

Como resultado, há um descompasso entre a equipe, que tem dificuldade para planejar e realizar as atividades propostas. Em casos extremos, eles podem passar informações conflitantes para os pais, que além de não saberem o que fazer, podem questionar a organização da instituição.

Alguns aplicativos ajudam a solucionar esse problema e facilitar a comunicação na escola. Um exemplo é o Trello, onde os gestores podem criar listas de atividades e definir os responsáveis por essas tarefas. Também existe o Calendário do Google e o Evernote, que permite o compartilhamento de notas.

Comunicação na escola com foco nos pais

Em perspectiva lateral, mão toca a tela de tablet ligado. As unhas da pessoa estão pintadas de roxo.

Esse é outro ponto que gera confusão e precisa ser solucionado com eficiência. É preciso que a escola mantenha canais de comunicação direta com a família, sem precisar realizar uma série de procedimentos complexos ou depender de intermediários.

Problemas de comunicação com os pais podem causar uma série de transtornos. Sempre que a fonte oficial não se manifesta sobre um assunto ou seu pronunciamento não chega aos pais, abre-se um espaço para boatos e informações inverídicas.

Por isso, é fundamental eliminar essas interferências. Hoje em dia, com o uso da tecnologia, já existem muitos aplicativos que facilitam esse contato. Um deles é a agendinha digital, em que a direção, coordenação e professores podem enviar recados diretos para um pai ou para a classe toda, de acordo com a necessidade.

Além dos recados que são importantes, a agendinha digital ajuda a estabelecer um bom relacionamento entre a escola e as famílias. No Follow Baby, por exemplo, o professor tem a opção de compartilhar fotos das crianças em suas tarefas diárias. Assim, quando os pais veem seus filhos felizes e envolvidos nas atividades na sala de aula, sua confiança na instituição cresce, o que favorece uma parceria sólida.

Comunicação na escola com foco nos alunos

À frente, menina pequena de óculos segura e olha para tablet. Ao lado dela, em segundo plano, um garoto olha para frente.

Não poderíamos deixar de falar sobre a comunicação com os próprios alunos. Afinal, são eles que frequentam a escola todos os dias e que precisam estar informados sobre o que acontece, inclusive sobre a situação acadêmica deles.

Muitas escolas hoje já utilizam o boletim online e outros canais para transmitir recados e recomendações, além de informações sobre trabalhos e deveres de casa. Se ela conseguir proporcionar conteúdo extra (videoaulas, exercícios, animações explicativas), esse contato se torna ainda mais proveitoso.

Comunicação na escola com foco no público externo

A escola não deve se restringir apenas ao seu público interno e cativo. Ela precisa mostrar sua relevância na comunidade em que está inserida, não só para captar novos alunos, mas também para beneficiá-los com informações e programas desenvolvidos.

Uma alternativa para tornar essa comunicação eficiente e alcançar um número maior de pessoas é por meio das redes sociais. As publicações podem mostrar os projetos realizados pela escola, as conquistas de seus alunos em vestibulares e olimpíadas do conhecimento, suas ações sociais e assim por diante.

Sempre é válido lembrar que, para publicar fotos dos alunos nesses canais, é necessário solicitar a autorização de uso e concessão dos direitos de imagem. Muitas escolas já têm uma cláusula em seu contrato que prevê essa divulgação e é muito comum os pais garantirem essa permissão.

Para solucionar os problemas de comunicação na escola, o ideal é analisar as dificuldades que cada um desses grupos percebe. A partir daí, os gestores podem pensar em alterar processos e usar a tecnologia para resolver cada uma dessas situações. Acredite: com todos os recursos e aplicativos disponíveis hoje, essa tarefa é muito mais simples do que parece.

Ficou interessado em conhecer aplicativos que facilitam a rotina escolar e podem ajudá-lo a solucionar os problemas de comunicação na escola? Continue no blog e confira nosso post sobre esse assunto!