Diversão

Dia das Mães na escola: celebrar, refletir e aprender

Escrito por Lilo

Confira nossas sugestões para comemorar o Dia das Mães na escola de forma inclusiva, com respeito à diversidade e às novas configurações familiares.

Em um tempo marcado pela conscientização a respeito da necessidade de incluir e promover a aceitação da diversidade, a comemoração do Dia das Mães na escola é um tema sensível e que apresenta oportunidades de inovar e, é claro, educar.

Mesmo que seja essencial reconhecer o carinho e a dedicação das mães, também existem crianças que não se encaixam na configuração familiar tradicional. Em muitos casos, elas vivem com pais solteiros, avós ou casais homoafetivos — ou seja, em uma estrutura que não conta com a figura materna.

Então, como celebrar o Dia das Mães na escola sem excluir esse grupo, que é cada vez maior? Neste texto, vamos ajudá-lo a encontrar a solução para tornar essa data marcante, valorizando quem cuida dos pequenos e os acolhe, independentemente da configuração familiar. Confira!

Mãe e filho encostam seus rostos um no outro, em um gesto de carinho de olhos fechados. A mãe sorri.

Os pilares da comemoração do Dia das Mães na escola

Para abordar essa data comemorativa de forma consciente e inclusiva, é fundamental não pensar apenas em uma comemoração tradicional do Dia das Mães. É importante que o trabalho pedagógico seja pautado em três pilares:

  • refletir sobre a data e seu real significado;
  • entender as diferenças em relação à maternidade na sociedade atual, considerando as diferentes situações e configurações familiares (alunos que vivem com mães e pais solteiros, crianças órfãs ou cuidadas por avós etc);
  • celebrar o carinho, o amor e o trabalho que essas pessoas dispensam às crianças.

Quando a escola consegue realizar ações que contemplam esses três aspectos, ela promove a valorização de todos os envolvidos nos cuidados com as crianças.

Os alunos também conseguem entender melhor que existem realidades distintas e desenvolvem a empatia e o respeito por pessoas que, por qualquer motivo, vivem em uma estrutura familiar diferente do núcleo familiar deles.

Todos têm vez

Mas veja bem: comemorar o Dia das Mães na escola não é um trabalho voltado só para a reflexão do que podemos melhorar como sociedade. A celebração é real e precisa ser o centro das atenções! O que estamos querendo dizer é que precisamos festejar o que a maternidade representa, e não limitar a data para somente a figura da mãe.

Isso não significa que as mães precisem ficar em “segundo plano”. De forma alguma: o importante é mostrar que nessa data todos têm vez, e comemorar de uma maneira que deixe isso bem claro, portanto, é fundamental.

Mas então qual é a melhor maneira de comemorar o dia das mães na escola? Continue lendo para descobrir! 

Como comemorar o Dia das Mães na escola

Mas como transformar isso em ações? Selecionamos algumas sugestões que podem ajudá-lo. Veja a seguir!

Reflexão

Já faz algum tempo que muitas instituições transformaram a comemoração do Dia das Mães na escola em uma Semana da Família. Assim, mesmo que elas optem por uma homenagem específica para as mamães, essa atividade é contextualizada por uma série de ações dentro e fora da sala de aula.

Portanto, durante a semana, os professores podem fazer um trabalho com as crianças e mostrar que existem famílias com configurações completamente diferentes. Para isso, é possível realizar atividades simples, como a elaboração de um mural de fotos ou álbum.

Todas essas ações devem levar a um ponto: o entendimento de que, como seres sociais, precisamos de pessoas que cuidam de nós. Ao pensar em suas atividades de rotina, as crianças devem perceber que a família é esse círculo protetor. A escola deve estimulá-las a reconhecer o valor desses cuidadores em suas vidas e a demonstrar gratidão.

Aprendizado

Criança usando tablet sentada em frente a uma mesa.

É importante que esse contato com a diversidade leve os alunos a entenderem que existem configurações familiares diferentes daquela à qual estão acostumados.

Mais que isso, é fundamental que esse aprendizado leve ao respeito e ao sentimento de que, independentemente das diferenças, somos iguais em valor e direitos.

Inclusive, o professor pode promover atividades que levem a essa conclusão. Encenações ou mesmo a produção de um livro ilustrado pelas crianças são algumas dessas possibilidades. Se os alunos forem um pouco maiores, eles podem ser desafiados a criar uma história em grupos.

Uma estratégia para fazer isso é a “família em caixas”. Cada grupo recebe uma caixa (que pode ser ilustrada com uma casa). Dentro dela, estão as figuras e os nomes de algumas pessoas, que serão a família com a qual aqueles alunos trabalharão. Porém, o professor precisa tomar o cuidado de distribuir bem esses personagens.

Cada caixa deve conter uma configuração familiar diferente, mesclando personagens como pais, avós, tios e tias e até mesmo animais de estimação. Então, cada grupo inventa uma história sobre aquela família, destacando sempre o cuidado e o carinho. É muito importante que essa atividade seja feita depois da etapa de reflexão.

Celebração

Visão de cima de um bebê com brinquedos e livros em cima de uma toalha branca

Mais uma vez, o fato de realizar uma Semana da Família pode ajudar a celebrar o Dia das Mães na escola de maneira inclusiva. A instituição pode propor atividades fora do horário das aulas como piquenique, gincanas, palestras, show de talentos etc.

Em todas essas atividades, não existe um foco único de homenagear as mães. Dessa forma, todas as pessoas podem participar da festa: pais solteiros, avós, tios e tias, mães solteiras, casais homoafetivos, madrinhas, padrinhos e assim por diante.

Aliás, se houver abertura para isso na comunidade escolar, por que não aproveitar a data para realizar um projeto social? Em vez de simplesmente elaborar presentes para as mães, por que não envolver a família na realização de uma festa para crianças órfãs e carentes da região, por exemplo?

Esperamos que o artigo tenha trazido algumas reflexões e ideias para ajudar você a criar uma comemoração do Dia das Mães na escola que seja diferente, significativa e inclusiva. Afinal, somos todos iguais na diferença, e essas datas devem promover essa compreensão.

E então, gostou das nossas sugestões para comemorar o Dia das Mães na escola? Quer ter outras ideias para trabalhar as datas comemorativas de maio? Confira o post aqui no blog!