Educação

A importância da leitura na educação infantil desde cedo

Escrito por Lilo

Você sabe o motivo da importância de desenvolver o hábito da leitura na educação infantil? Entenda por que esse estímulo precisa começar até mesmo no maternal.

Ler significa muito mais do que sentar e decifrar o código usado para a escrita de um texto. A leitura na educação infantil tem um papel essencial no desenvolvimento cognitivo, que vai além da habilidade de transformar letras em sons e palavras. Ela trabalha algumas funções executivas essenciais e também está atrelada a uma característica que nos torna humanos: nossa capacidade de imaginação.

Quer saber por que a leitura nos primeiros anos é tão importante e como torná-la atrativa ainda no maternal? Continue a leitura e descubra as respostas!

A importância da leitura e da contação de histórias

É natural que o ser humano goste de histórias. Temos muito mais facilidade para guardá-las na memória do que conceitos abstratos. Além disso, elas nos fazem desenvolver a empatia pelos personagens, realizar inferências, estabelecer relações de causa e efeito — em resumo, elas nos fazem pensar.

Com a criança não é diferente. Para os pequenos, as histórias têm um poder quase magnético. Elas se sentem atraídas pelas aventuras dos personagens, pelo enredo e pelas emoções que eles vivenciam ao longo da narrativa. Elas exercitam a imaginação de forma única, o que torna a leitura na educação infantil extremamente prazerosa e estimulante.

Porém, ao contrário do que muitos adultos pensam, para os pequenos a história não fica restrita apenas ao momento de “contação”.  Esse deslumbramento não acontece apenas quando a família ou o professor lê um livro.

Para a criança, qualquer momento é hora de história. Tudo é novo e incrível. Ela se assusta com os desafios que o personagem enfrenta e também vibra quando ele supera obstáculos e chega a um desfecho favorável. Esse prazer é essencial para a formação de pequenos leitores, que se encantam com as possibilidades que o mundo da escrita proporciona.

Benefícios da leitura na educação infantil

Quatro crianças deitadas de bruços no chão lendo livros de capas coloridas.

Enquanto acompanha a jornada do personagem, a criança também participa de uma outra trajetória — a do desenvolvimento. Contar histórias para os pequenos traz apenas benefícios, sendo que os principais são:

  • desenvolvimento gradual da capacidade de atenção;
  • formação de leitores engajados;
  • estímulo à imaginação e criatividade;
  • desenvolvimento da memória;
  • capacidade de perceber os sentimentos do outro e de vivenciá-los, que é o princípio da empatia;
  • estímulo às áreas do cérebro que processam a linguagem, com uma série de consequências positivas: aquisição de vocabulário, significado das palavras, percepção dos sons, prosódia etc.

Portanto, a leitura na educação infantil é importante para potencializar o desenvolvimento cognitivo. Ela também tem um papel fundamental quanto à formação literária no futuro. Por isso, essa é uma atividade que as escolas não podem deixar de realizar, mesmo com as crianças do maternal e berçário.

Como promover a leitura na educação infantil

Selecionamos algumas sugestões para tornar os momentos de leitura na escola prazerosos e estimulantes. Confira as dicas!

1. Escolha os livros com cuidado

É importante que o livro seja relacionados a temas que as crianças gostem. Dessa forma, elas terão um interesse maior pela história. Além disso, o vocabulário e as ilustrações devem ser adequados à faixa etária. Lembre-se que despertar a curiosidade e o prazer com a leitura é o principal objetivo da atividade.

2. Desperte a curiosidade

O ideal é que o professor não comece a história de repente. Ele pode despertar a curiosidade das crianças chamando a atenção delas para algum objeto concreto que represente um elemento da narrativa.

Ele tem a possibilidade, por exemplo, de usar um fantoche e manipulá-lo de acordo com as falas ou atitudes de um determinado personagem. Essa é uma das muitas opções para despertar a curiosidade das crianças durante a leitura na educação infantil.

Professora brinca com crianças, usando fantoche para estimular a leitura na educação infantil.

3. Use técnicas para manter a atenção

Antes de falarmos sobre a atenção, é essencial destacar que crianças pequenas possuem tempo de concentração limitado. Então, não há técnica que segure os pequenos quietinhos nas cadeiras por 30 minutos.

Feita essa observação, uma das técnicas para manter a atenção das crianças é a variação de estímulos. Use bonecos, fantoches, ilustrações para mantê-las ligadas à história. Também é possível combinar com elas de fazerem uma determinada ação (como bater palmas, imitar um som) sempre que o narrador falar uma palavra específica, que se repete bastante no texto.

4. Estimule a participação

A técnica de ação no último tópico é um exemplo de estímulo à participação. No entanto, há outras formas de incentivar as crianças a se sentirem parte da história. Vestir os alunos com acessórios que lembram os personagens e criar representações simples são algumas delas. Use sua criatividade para enriquecer essa experiência e deixar os pequenos encantados com a narrativa.

Não podemos nos esquecer de que a leitura na educação infantil é fundamental. Além de aprender que ler é bom, o que ajuda a desenvolver o gosto literário, esse hábito exerce um grande impacto na vida da criança. Seu desenvolvimento cognitivo será melhor e o repertório cultural será ampliado.

Enfim, tudo isso muda a forma como ela vê o mundo, transformando-a em uma pessoa mais qualificada como profissional e cidadã, além de um ser humano mais empático e solidário.

Gostou do post? Quer outras sugestões relevantes para sua escola? Confira nosso post sobre o Projeto Político Pedagógico!