Escola

Como fazer planejamento escolar? O que ele é?

Escrito por Lilo

Você sabe o que é um planejamento escolar e qual a sua importância para que a instituição alcance seus objetivos? Descubra a resposta e saiba como elaborá-lo!

A escola é um organismo vivo. Por isso, é necessário estabelecer metas e criar mecanismos para garantir o cumprimento dos objetivos e chegar aos resultados desejados. Ao longo do ano, se não houver cuidado, surgem tantas emergências e distrações que a instituição pode se desviar dos seus objetivos. O principal recurso para evitar esse problema é um bom planejamento escolar. 

Sua escola tem um planejamento escolar bem definido? Se você quer saber como elaborar esse documento e quais são as estratégias para colocá-lo em ação, continue a leitura!

O que é o planejamento escolar?

O planejamento escolar é diferente daquele plano de aula que o professor está acostumado a elaborar. Trata-se de um documento essencial, pois descreve os objetivos da instituição e as ações necessárias para alcançá-los.

Portanto, o planejamento escolar integra o trabalho de toda a equipe, contribuindo para que todos os esforços sejam alinhados para atingir um objetivo comum.

Tudo que acontece na escola deve estar de alguma forma coordenado com o propósito da instituição, para que assim ele seja alcançado. Por isso, todas as ações que serão desenvolvidas ao longo do ano letivo precisam constar nesse planejamento. As principais são:

  • Calendário do ano letivo;
  • Programas de ensino das diferentes disciplinas;
  • Projetos interdisciplinares ou sociais, caso a escola adote esse tipo de ação;
  • Planos de aula;
  • Descrição dos ciclos de avaliação;
  • Objetivo e regras de uso dos espaços coletivos;
  • Planejamento das atividades previstas no calendário escolar.

Assim, quem analisa o planejamento escolar tem uma visão completa de tudo que a escola fará em determinado período, seja ele semestral, anual, trimestral, etc. Se fôssemos compará-lo a um equipamento, ele poderia ser considerado o GPS da instituição, que mostra o caminho que ela deve percorrer para chegar onde deseja.

Como fazer o planejamento escolar?

Agora que você já entendeu a importância do planejamento escolar, vamos mostrar os passos para sua elaboração. Acompanhe!

1. Converse com sua equipe

Professores conversando sobre planejamento escolar

Geralmente, os os melhores planejamentos são aqueles que foram construídos com a participação de toda a equipe. Reúna professores, gestores e outros funcionários para que eles contribuam com sua avaliação da situação atual da escola e com ideias para alcançar a excelência.

Quando as pessoas se sentem ouvidas, elas tendem a se engajar na concretização das propostas. Além disso, como foram elas que sugeriram as ações, elas atestaram previamente uma necessidade, a viabilidade da mudança e estão comprometidas com a realização.

2. Comecem com um diagnóstico

Além da opinião dos educadores, use dados para fazer o diagnóstico da instituição. Recorra a números para calcular o percentual de crescimento, o desempenho das turmas, o sucesso dos egressos em vestibulares de renome, e assim por diante.

Também é importante resgatar e discutir as reclamações dos pais. Afinal, trata-se da visão que a clientela tem da sua instituição, o que levará a um bom resultado na captação de alunos ou à perda de matrículas para a concorrência caso as demandas não sejam ouvidas.

3. Garantam o cumprimento das normas

Uma escola precisa seguir normas estabelecidas pela legislação. Certifiquem-se de que seu planejamento cumpre perfeitamente requisitos como carga horária, quantidade de dias letivos, formação do corpo docente e outras exigências.

4. Busquem a excelência acadêmica

O que sua equipe pode fazer para melhorar a qualidade na educação oferecida? Esse é o momento de colocar em pauta as ideias que contribuem para atingir esse objetivo. Não há problema se algumas delas não puderem ser realizadas no curto prazo. Traga-as à tona e depois escolha com o grupo as mais relevantes.

Nesse sentido, o planejamento pode contemplar alterações metodológicas, inserção de ferramentas tecnológicas, desenvolvimento de projetos diferenciados, entre outras possibilidades.

5. Defina métricas para avaliação

As métricas mostram se a equipe realmente está alcançando os objetivos propostos. Por isso, seu plano deve conter uma seção com indicadores que serão usados para avaliar o progresso da instituição. Eles podem ser referentes ao desempenho dos alunos, aumento do número de matrículas, redução da evasão e assim por diante.

E agora, como colocar o plano em ação? 

Parede com planejamento escolar

Se até aqui a escola seguiu esses passos direitinho, nesse ponto ela terá uma equipe engajada e comprometida com o cumprimento do planejamento escolar. Porém, também é normal que as pessoas acabem voltando à rotina anterior, com a qual já estão acostumadas, e se esqueçam do plano.

Para que isso não aconteça, tome os seguintes cuidados:

  • Não coloque o planejamento escolar na gaveta, deixe-o disponível para os professores consultarem sempre que necessário;
  • Mantenha as prioridades, como os eventos mais próximos, destacados em um quadro na sala dos professores;
  • Fale sobre o planejamento nas reuniões individuais e coletivas;
  • Avalie as ações realizadas, anotando possíveis dificuldades ou sugestões de melhoria. Isso vai ajudá-lo a construir o próximo planejamento escolar;
  • Alterem o planejamento ano a ano para aperfeiçoá-lo. Afinal, a escola é dinâmica e as mudanças são bem-vindas, desde que contribuam para torná-la mais eficaz.

E então, gostou do post? Entendeu como o planejamento escolar serve para orientar as ações da escola e ajudá-la a cumprir seus objetivos?

Que tal continuar aqui no blog e conferir um artigo sobre um momento muito importante do calendário escolar: a volta às aulas? Leia e descubra atividades preparadas especialmente para esse período!